domingo, 22 de abril de 2018

Vem aí mais um app de mensagens do Google




O Google está preparando mais um aplicativo de mensagens para o Android. De acordo com o The Verge, o Chat vai ser um serviço de troca de mensagens baseado em um sistema que foi criado para substituir o SMS.

Ele vai representar mais uma tentativa do Google de entrar com força no mundo das mensagens. Enquanto apps como WhatsApp, Messenger e Telegram dominam as conversas online, o Google não consegue ter uma participação significativa nesse mercado. No passado, o Hangouts tentou competir com outros apps e fracassou. Mais recentemente, o Google investiu no Allo, que não caiu nas graças do público.

A nova investida é, na verdade, uma tentativa de mudar a forma como as pessoas conversam na internet. O Chat vai usar a tecnologia Rich Communication Services (RCS), uma versão mais moderna das mensagens SMS. Com ela, além de texto é possível também enviar conteúdo multimídia, criar grupos de mensagens com diversos membros e também trocar emojis, além de receber confirmação de leitura, indicador de digitação e mais recursos de aplicações modernas de mensagens.

Ele vai existir dentro do Android Mensagens, o aplicativo padrão do sistema móvel para troca de mensagens SMS. Quando começar a funcionar em algum momento deste ano, o Chat vai servir como principal protocolo de mensagens no Android, e as mensagens enviadas por ele vão consumir o plano de dados do usuário, e não o pacote de mensagens SMS. Quando a conversa for feita com alguém que não usa RCS, a mensagem vai ser enviada como um SMS convencional.

Por ter sido idealizado como um sucessor do SMS, o RCS depende das operadoras para funcionar. O Google diz que já fechou parceria com 55 espalhadas pelo mundo para uso da tecnologia - a empresa chegou a anunciar o início das operações da tecnologia no Brasil no fim do ano passado.

Uma grande desvantagem do novo protocolo em relação a apps convencionais como o WhatsApp é que as mensagens trocadas por RCS não são criptografadas - o que significa que é possível bisbilhotar o conteúdo delas com mais facilidade do que outros serviços.

Como consequência do lançamento de mais um app de mensagens, o Google vai interromper o desenvolvimento do Allo. Lançado em 2016 com o Google Assistente integrado, o serviço não conseguiu ganhar popularidade. Grande parte da equipe responsável pelo Allo agora vai trabalhar no aprimoramento do Android Mensagens.

Por:DANIEL JUNQUEIRA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário